Economia

Já pensou em doar parte do seu imposto de renda para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente e ajudar projetos locais?

Já pensou em doar parte do seu imposto de renda para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente e ajudar projetos locais?

Contribuintes que tiverem interesse podem realizar doações de parte do Importo de Renda direto ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, o prazo é até 30 de abril, às 23h59 (horário de Brasília), para enviar os dados ao Fisco.

Com essa doação direta, o contribuinte ao invés de pagar o valor total do seu IR direto à união, pode solicitar ao seu contador que deseja doar parte deste valor ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente de Querência.

Segundo Iva Volpi, presidente do Conselho Municipal do Direito da Criança e do Adolescente, esse Fundo financia ações voltadas para este público, no intuito de garantir políticas públicas e ações que beneficiem crianças e jovens.

“O ano passado a gente teve o projeto união faz a vida, que é desenvolvido pela Secretaria de Educação através do Sicredi, que a proposta ela vem do Sicred, o dinheiro vem através da empresa.” Explicou.

Segundo Volpi, a Apae hoje é mantida pelo município, apesar de ser uma entidade não governamental, ela também já foi beneficiada com projetos através do Conselho Municipal.

“Outro projeto que a gente fez ano passado e conseguiu, foi a doação de 20 computadores para a escola alegria do saber. Foi um projeto encaminhado pela escola, pra atender a demanda dos alunos na questão do telecentro comunitário.” Afirma Iva.

 

Como ser beneficiado

Para enviar projetos e ser apoiado financeiramente pelo Fundo Municipal do Direito da Criança e do Adolescente, não é necessário ser uma entidade governamental. Os responsáveis por entidades que realizam trabalhos voltados para crianças e adolescentes devem procurar a Assistência Social e inscrever a sua organização, devidamente regulamentada, no Conselho Municipal. Assim, ela poderá encaminhar projetos para o Conselho e receber auxílio financeiro para executar esses trabalhos.

 

Recolhimentos de anos anteriores

Em 2017 o fundo teve aproximadamente R$1.800,00 em doações. No ano passado foram R$ 10.000,00. Um avanço significativo com relação ao ano anterior.

“A gente espera que em 2019, a gente consiga avançar um pouco mais pra atender esse público. Porque Querência tem muita criança, muito adolescente e muitas entidades precisando de dinheiro para desenvolver essas ações.” Disse Iva. Ela complementa, “não se faz nenhuma ação sem dinheiro, então, por pouco que seja, um pouquinho de cada um no final a gente consegue atender amais entidades, mais ações, mais projetos, então fica esse pedido.”

Quem quiser acompanhar onde este dinheiro está sendo investido, as informações são divulgadas no portal transparência do site da Prefeitura de Querência, na página do Conselho Municipal, lá é possível ver os projetos que são aprovados pelo município.