NOTÍCIA - Policial/Acidente

14 de julho de 2017 | MENOR | MAIOR | |

Suspeito de estuprar e matar idosa pode ter cometido outros abusos em Águas Lindas de Goiás, diz delegado.

Fernando Gama afirma que vídeo que mostra abordagem da vítima está passando por tratamento para que seja possível identificar o autor do crime.
Suspeito de estuprar e matar idosa pode ter cometido outros abusos em Águas Lindas de Goiás, diz delegado.

O motociclista suspeito de estuprar e matar a idosa Maria José da Silva, de 61 anos, flagrado em um vídeo abordando a vítima na rua (assista acima), pode ser autor de outros três abusos ocorridos em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. O delegado responsável pelo caso, Fernando Gama, conta que nos casos registrados o criminoso usava uma moto preta semelhante à vista nos vídeos.

“Verificamos que há outras ocorrências de estupro envolvendo uma moto preta. Estamos fazendo essa comparação, pegando as informações para ver se pode ser a mesma moto e, consequentemente, a mesma pessoa. Recentemente ocorreram três situações”, disse ao G1.

O delegado destaca que não foram encontradas testemunhas do crime, mas segue realizando diligências para investigar o caso. Os parentes da vítima também devem ser ouvidos. O principal foco da Polícia Civil são as imagens do momento da abordagem.

“Ainda estamos tentando identificar esse autor. As imagens estão passando por tratamento para ter uma qualidade melhor e conseguirmos identificar a placa”, completou.

 
Maria José da Silva, de 61 anos, foi estuprada e morta em Águas Lindas de Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

 Crime 

O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (11). As imagens mostram o suspeito passando de moto por uma rua. Ele faz o retorno, pega a faixa paralela e encontra Maria José alguns metros depois. Ele tenta fazê-la parar, mas ela segue andando. O motociclista, então, para o veículo na frente da idosa, que o contorna e continua a caminhada.

O homem, ainda na moto, a acompanha até o momento em que para, segura a vítima pelo braço, desce e a arrasta para um terreno baldio. No local, segundo a polícia, o homem cometeu o crime. O horário registrado na câmera é 4h12.

As câmeras flagraram ainda quando o homem sai do terreno, às 5h17, sobe na moto e vai embora.

Horas depois do crime, vizinhos do terreno encontraram o corpo de Maria José e acionaram a polícia. Gama afirmou que o exame de corpo de delito constatou que a mulher sofreu abusos e depois foi morta. A causa da morte foi um traumatismo crânio-encefálico, motivado por pancadas na região da cabeça.

O delegado afirmou ainda que a bolsa de Maria José foi levada após o assassinato.

Suspeito de estuprar e matar idosa pode ter cometido outros abusos em Águas Lindas de Goiás, diz delegado.
Fonte: Querência em Foco com Vanessa Martins

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.